HOME NOTÍCIAS REGULAMENTO CALENDARIO INSCRIÇÕES RESULTADOS FOTOS VIDEOS CLASSIFICADOS MURAL CONTATO


Jovem empresário gaúcho aposta no mercado
Off-Road





Na contramão crise, um jovem empresário gaúcho Renato Borilli aposta varias fichas no mercado off-road e com apenas dois anos de lançamento da marca de pneus off-road Borilli Racing, já dá sinais de estar no caminho certo. Neste final de semana, que acontece a quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, na cidade de Tapejara (RS), tivemos a oportunidade de visitar as instalações da Borilli Racing, empresa que fabrica exclusivamente pneus off-road e que está patrocinando o evento.

 

O galpão da empresa não é um dos maiores que já vimos, mas basta entrar no seu interior para sentir que a paixão pelo esporte e a visão de longo prazo são dos diferenciais da marca. Com equipamentos modernos, o local tem capacidade de produzir cerca de 4.000 unidade de em apenas um mês, mas a meta do empresário é ousada e pretende atingir a casa dos 20.000 unidades. “Quando começamos a produzir em 2013, fizemos pouco mais de 1200 unidades/mês e em cerca de um ano já estávamos colocando no mercado mais de 3000. O inicio foi bem difícil, mas conseguimos acertar os prumos e agora nosso produto chegou a um nível de excelência ideal”, explica Renato.

Empresários do ramo de recuperação de pneus para o uso agrícola e de caminhões, os membros da família Borilli tem uma longa historia mundo das duas rodas, que começou com o avô, sr. Severino Borilli e segue firme até agora. A pouco mais de três anos, Renato viu no mercado off-road uma possibilidade de negocio e começou a pesquisar a viabilidade, em contato com a empresa Vipal, uma gigante no ramo dos pneus, ele conseguiu que fosse feita a formulação da matéria prima (borracha) e a partir dai foi em busca do maquinário. “Foi um processo rápido mas que nos exigiu muito trabalho e dedicação de horas até começar a produzir. Acredito que o principal combustível foi mesmo a paixão pelo esporte que me levou a acreditar nesse projeto”, relata o Renato.

Com visão de futuro, os planos de crescimento é algo para se destacar, já que ele investiu cerca de 1 milhão de reais na criação de um Centro de Treinamento que inclusive está recebendo a prova do Brasileiro de Motocross. O local será permanente e a pista de motocross servirá como local para os pilotos treinarem, ajudar a desenvolver os produtos e claro incentivar a formação de novos pilotos. “Nossa preocupação com o futuro é muito grande. Sabemos que o esporte precisa continuar e pra isso precisamos de incentivar as bases. O papel principal deste CT é justamente isso, aqui iremos colocar pilotos experientes como Miltom Becker e Douglas Parise para lapidar novos talentos no esporte e assim garantir o futuro da competição”, explicou Renato.


Para quem acompanha o motociclismo no Brasil a pelo menos duas décadas, saber que há empresários que acreditem e investem (a longo prazo..) é algo reanimador e que nos faz acreditar que ainda resta uma esperança de crescimento no motocross nacional.

Fonte: Revista Dirt Action



Copyright© 2009 Rally Point ® - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por TrendiTs